pilates

Pilates

O Pilates é um sistema de atividades físicas criado, no início do século XX, pelo educador físico alemão Joseph Pilates. O método era também chamado por seu inventor de “contrologia”, em referência ao modo como ele estimula o uso da mente para controlar os músculos, sobretudo os do chamado “core”, localizados no tronco e abdômen. O objetivo é desenvolver a musculatura profunda, a postura, o equilíbrio corporal e a flexibilidade, por meio de exercícios realizados sobre um tapete com ou sem o uso de equipamentos.

A técnica permite reequilibrar os músculos do corpo, focando nos músculos centrais, que auxiliam no equilíbrio postural e no suporte da coluna vertebral. Os exercícios visam reforçar os músculos muito fracos e relaxar os músculos tensionados, mantendo a respiração constante durante a atividade.

 

Os seis princípios fundamentais do Pilates

1.Concentração
Durante toda a prática dos exercícios de Pilates a mente, a atenção é direcionada para cada parte do corpo, com o intuito de garantir que o movimento seja desenvolvido com a maior eficácia possível.

2. Controle
Define-se como controle do movimento o discernimento da atividade motora de agonistas primários numa ação específica. A coordenação é a integração da atividade motora de todo o corpo visando um padrão suave e harmônico de movimento.

3. Precisão
Este princípio é fundamental para a qualidade do movimento, sobretudo, ao realinhamento postural do corpo. Consiste no refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos em um movimento.

4. Centramento
Pilates chamara este princípio de “Power House” ou centro de força, o ponto focal para o controle corporal. Menezes discorre que o centro de força se constitui pelas quatros camadas abdominais: o reto do abdome, oblíquo interno e externo, transverso do abdome; eretores profundos da espinha, extensores, flexores do quadril juntamente com os músculos que compõe o períneo.

5. Respiração
Joseph Pilates afirmava que frequentemente respiramos errado e usando apenas uma fração da capacidade do pulmão. Por isto, Pilates em seu trabalho enfatizava a respiração como o fator primordial no início do movimento, fornecendo a organização do tronco pelo recrutamento dos músculos estabilizadores profundos da coluna na sustentação pélvica e favorecendo o relaxamento dos músculos inspiratórios e cervicais.

6. Movimento Fluido
Refere-se ao tipo de movimento, que deve ser de forma controlada e contínua, deve exibir qualidade de fluidez e leveza, que absorvam os impactos do corpo com o solo e que usam da inércia, contribuindo para a manutenção da saúde do corpo.

Agendar uma Consulta

Quer saber mais desse e outros serviços? Procure a Dinâmica no telefone (31) 3223-2210 ou preencha o formulário abaixo e marque sua avaliação.